Severiano de Almeida: A Finlândia do Brasil

Severiano de Almeida: A Finlândia do Brasil

A pequena cidade de Severiano de Almeida, no norte do Rio Grande do Sul recebeu neste sábado um show de rally de velocidade de dar inveja.

Foi nas estradas secundarias do município com partes no vizinho Três Arroios e também numa especial de asfalto no centro da cidade que foram disputadas a sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, valendo também como quinta e sexta etapas do Gaúcho.

Na pista disputa por títulos no Brasileiro de Rally. E se andar no limite é preciso, as surpresas podem aparecer. E elas apareceram desde a primeira especial até a última. Logo no primeiro trecho do dia dois abandonos. A dupla Marcelo Franco / Kaze Morales capotou seu Fiat Palio num trecho da estrada indo parar em meio a um plantio de milho ali próximo. O GM Celta de Marlon Koerich / Joseani Koerich teve uma roda quebrada forçando-os a abandonar a prova ainda no início.

Logo depois mais quebras e capotamentos. Milton Pagliosa e André Pagliosa da Comil Racing Team tiveram no Mitsubishi Lancer Evo VIII um problema de turbina que os impediu de seguir na prova do Brasileiro. Porém, como o Campeonato Gaúcho tinha duas etapas, eles regressaram na segunda com o Lancer Evo V, modelo antigo da dupla. Porém na primeira especial que tentaram correr, já na parte da tarde, um novo problema no carro os tirou definitivamente do rally.

Enquanto isso Maicon Soares e Marcelo Filipon perderam o controle do carro ao sair de uma curva e entrar numa reta da especial Comil, no finalzinho dela, e capotaram, caindo dentro de uma vala próxima a pista. Os competidores nada sofreram, já o carro ficou bastante danificado. Na última especial sobre terra, mais dois abandonos importantes. Na briga pela vitória na categoria N4, Marcola / Sérgio Tarcisio tiveram problema mecânico no seu Mitsubishi Lancer Evo IX e tiveram que abandonar.

Na mesma especial, na briga direta pelo título da temporada na categoria N2 do Brasileiro, Ulysses Bertholdo e Sidinei Broering ficaram a pé depois que seu GM Celta teve pane mecânica e os impediu de completar a prova.

Mas o Rally de Severiano de Almeida também foi de muita festa. A começar pelo show proporcionado aos expectadores na especial de asfalto que passou pelo centro da cidade, contornou a principal praça e seguiu até o entroncamento com a BR 153. Na pista, salto sobre lombadas, chicane e muita adrenalina. Uma das melhores performances foi a da dupla Juliano e Rafael Sartori com seu Subaru Impreza STi.

Depois da última especial mais festa. Édio Fuchter / Marco Carvalho (Mitsubishi Lancer Evo IX) venceram a prova na categoria N4 e conquistaram o bicampeonato consecutivo no Brasileiro, o nono título do piloto catarinense. Para a alegria do torcedor local, a dupla Fabio Dall Agnol (Gaurama) e Marcelo Dalmut (Severiano de Almeida) de Fiat Rally venceram a prova e sagraram-se campeões do Brasileiro na categoria N2.

No pódio muita festa para os novos campeões, principalmente para Fabio e Marcelo que emocionados receberam os troféus das mãos de seus pais. Banho de champanha e muita alegria pelos novos campeões.

“FINLÂNDIA DO BRASIL”

Desde o início, ainda na quinta-feira, o Rally de Severiano de Almeida começou a ser elogiado pelos competidores. Boas estradas, trechos rápidos, bastante técnicos deixaram os pilotos e navegadores encantados, certos de quem nem a chuva tiraria o brilho da prova. No final, só elogios. O campeão da categoria N4, Édio Fuchter salientou o grande rally feito e elogiou a organização.

Rafael Tulio, catarinense que lidera o Brasileiro na categoria A6, foi além. “Foi um grande rally. Estejam certos de que aqui se fez uma grande prova. Aqui é a “Finlândia” do Brasil”, concluiu se referindo uma das principais provas do calendário do Mundial de Rally, realizada no país europeu.

Luis Tedesco que venceu a prova na categoria A6 e viu seus companheiros da Fiat Rally, Fabio Dall Agnoll e Marcelo Dalmut conquistarem o título na cidade, elogiou a prova e foi além: “Esta região está se transformando num grande pólo de rally. Juntamente com Erechim que já organiza a etapa do Sul-americano no Brasil, podemos futuramente ver, quem sabe até mesmo uma etapa do Mundial nesta região”, frisou.

O prefeito de Severiano de Almeida, Darci Savegnago, emocionado pelos depoimentos dos competidores, destacou no final que a cidade já conhece rally e está disposta a voltar a sediar uma etapa do Brasileiro em 2008. Ele agradeceu o apoio do Erechim Auto Esporte Clube na organização da prova juntamente com o Automóvel Clube de Severiano de Almeida e também falou sobre a importância da região para o rally brasileiro. “E porque não sonharmos em ter um dia uma prova do Mundial nesta região”, conclui.

A próxima etapa acontece no dia 08/12 no Paraná.

Classificação da prova por categoria

Categoria N2

1Fabio Dalagnol / Marcelo DalmutRS/RSFiat Palio1:07:55
2Sandro Supitz / Roberto BezpalezPR/PRFiat Palio1:11:36
3S. Kehl / M. KehlRS/RSVW Gol1:14:50

Categoria A6

1Luis Tedesco / Bruno MegaSC/SPFiat Pálio1:05:54
2Rafael Túlio / Gilvan JablonskiPR/PRPeugeot 2061:07:00
3José Barros Neto / Cristian de OliveiraRS/RSFiat Palio1:09:08

Categoria N4

1Édio Fuchter / Lelo PerdigãoSC/SCMitsubishi EVO IX1:01:13
2Juliano Sartori / Rafael SartoriRS/RSSubaru Impreza1:01:59
3Oswaldo Sheer / Gilson RochaSC/PRMitsubishi EVO IX1:02:17


Classificação do Campeonato

Categoria N2

1Fabio Dalagnol / Marcelo DalmutRS/RSFiat Pálio63
2Ulysses Bertholdo / Sidnei BroeringRS/SCGM Celta52
3Marlon Koerich / Joseane KoerichSC/SCGM Celta28

Categoria A6

1Rafael Túlio / Gilvan JablonskiPR/PRPeugeot 20654
1Luis Tedesco / Bruno MegaSC/SPFiat Pálio51
3Leandro Brustolin / Daniel CeconeloRS/RSVW Gol30

Categoria N4

1Édio Fuchter / Lelo PerdigãoSC/SCMitsubishi EVO IX58
2Oswaldo Sheer / Gilson RochaSC/PRMitsubishi EVO IX42
3Marcos Marcola / Sergio TarcísioPR/PRMitsubishi EVO IX34,5

Deixe uma resposta