Rally de Ouro Branco. Quase Cross Country

Rally de Ouro Branco. Quase Cross Country

38 duplas que percorreram os cerca de 400 Km do I Rally Internacional de Ouro Branco, válido pela 6ª Etapa do Campeonato Sul-Americano, 6ª Etapa do Campeonato Brasileiro e 4ª Etapa do Campeonato Mineiro, que também foi um sucesso de público: cerca de vinte mil pessoas, entre parque de apoio e especiais, assistiram aos carros mais velozes do rali levantarem poeira nas estradinhas históricas da região.

Os estrangeiros provaram que têm os carros mais velozes. Os argentinos Roberto Sanchez / Edgardo Galindo (Subaru Impreza A8) fez o melhor tempo somando 2.02.24,1. Sanchez liderou tranqüilo a categoria durante toda a etapa.

A categoria N4 foi a mais disputada e reservou surpresas. Dentro do campeonato brasileiro de rali, depois da quebra do Lancer de Marcola, a disputa ficou entre duas duplas catarinenses: Édio Füchter / Lelo Perdigão (Mitsubishi Lancer EVO IX) e Osvaldo Scheer / Gilson Rocha (Mitsubishi Lancer EVO IX).

Édio liderou todas as especiais até que, após uma rodada na especial 10 no domingo, Scheer assumiu a liderança. “Foi uma especial muito dura mas não tínhamos nada a perder e fomos pra cima já que o Édio estava pensando no campeonato”, conta Scheer, que com esta vitória assume a segunda colocação do campeonato brasileiro com 36 pontos, doze pontos atrás de Füchter e dois na frente de Marcola.

Na categoria A6 o carro da dupla Rafael Túlio / Gilvan Jablonski (Peugeot 206) teve vários problemas com os amortecedores perdendo muito tempo. No segundo dia de prova a dupla correu atrás dos minutos que os separavam da vitória. Como o carro da dupla Flavio / Eduardo Morelli (Peugeot 206) apresentava problemas mecânicos, Túlio ficou com a vitória da etapa. “Foi uma vitória muito difícil. Na última especial o carro veio se arrastando, com problemas nos amortecedores, mesmo assim conseguimos completar a especial e vencer esta etapa, a terceira vitória consecutiva em Ouro Branco”, conta Túlio.

A dupla da Fiat, Luis Tedesco / Bruno Mega, foi impedida de participar da etapa devido a problemas com a ficha de homologação do novo Palio Abarth 2008 (que faria sua estréia em Ouro Branco). Com isso a dupla da Fiat correu na prova na condição de “Dupla Convidada” não marcando pontos. Túlio soma agora 46 pontos no Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade, cinco à frente de Tedesco.

A categoria N2 também proporcionou uma bela disputa entre os dois primeiros colocados no campeonato brasileiro: Ulysses Bertholdo / Sidinei Broering (GM Celta) e Fabio Dall`Agnol  / Marcelo Dalmut (Fiat Palio). Com cinco especiais para cada dupla, Bertholdo / Broering souberam aproveitar melhor a duras especiais de Ouro Branco e venceram a etapa com uma diferença de quase um minuto. “Este foi um rali pra correr de camionete mas o Celta resistiu, não tivemos nenhuma quebra. Foi uma prova para coroar o trabalho de toda a equipe”, explica Bertholdo, que fica a um ponto (52) de Fabio Dallagnol no campeonato brasileiro (53).

Classificação da prova por categoria

Categoria N2

1Ulysses Bertholdo / Sidnei BroeringRS/SCGM Celta2:20:34
2Fabio Dalagnol / Marcelo DalmutRS/RSFiat Palio2:21:34
3Fabio Sacioto / Fabio AbreuSC/SCFiat Palio2:26:09

Categoria A6

1Rafael Túlio / Gilvan JablonskiPR/PRPeugeot 2062:38:42
2Flavio Morelli / Eduardo MorelliSC/SCPeugeot 2062:42:12
3Miguel Mallaco / Leonardo Mallaco VW Gol2:50:44

Categoria N4

1Oswaldo Sheer / Gilson RochaSC/PRMitsubishi EVO IX2:08:45
2Édio Füchter / Lelo PerdigãoSC/SCMitsubishi EVO IX2:09:23


Classificação do Campeonato

Categoria N2

1Fabio Dalagnol / Marcelo DalmutRS/RSFiat Pálio53
2Ulysses Bertholdo / Sidnei BroeringRS/SCGM Celta52
3Marlon Koerich / Joseane KoerichSC/SCGM Celta24

Categoria A6

1Rafael Túlio / Gilvan JablonskiPR/PRPeugeot 20646
1Luis Tedesco / Bruno MegaSC/SPFiat Pálio41
3Leandro Brustolin / Daniel CeconeloRS/RSVW Gol30

Categoria N4

1Édio Fuchter / Lelo PerdigãoSC/SCMitsubishi EVO IX48
2Oswaldo Sheer / Gilson RochaSC/PRMitsubishi EVO IX36
3Marcos Marcola / Sergio TarcísioPR/PRMitsubishi EVO IX34,5

Deixe uma resposta