Rally de Atibaia aponta os campeões brasileiros de Rally de Velocidade de 2013

Rally de Atibaia aponta os campeões brasileiros de Rally de Velocidade de 2013

Terminou neste domingo o Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade de 2013 após dez provas realizadas durante a temporada, sendo duas delas neste final de semana durante o 6º Rally de Atibaia, na cidade do interior do estado de São Paulo a 66 quilômetros de distância da capital.

O clima entre os competidores foi o mesmo da prova de sábado, com os líderes correndo com a estratégia de não passarem por riscos e ao mesmo tempo manter a liderança do campeonato e os que precisavam brigar pela desvantagem de pontos dando todo seu potencial na última etapa que tem sua pontuação dobrada de acordo com o regulamento de 2013. “Nesse ano tivemos um regulamento visando valorizar a participação dos concorrentes nas dez provas do campeonato. Começamos o ano com 36 inscritos e a perspectiva para 2014 é ter um campeonato ainda mais competitivo e com mais participantes”, prognosticou Djalma Neves, o presidente da Comissão Nacional de Rally.

A dupla gaúcha Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut (Mitsubishi Lancer) competindo pela categoria 4×4 participaram da última prova já com o título na mão conseguido com a segunda posição no sábado. É o 15º título de campeão brasileiro do Rally de Velocidade de Bertholdo, piloto de Farroupilha, RS o único brasileiro campeão sul-americano da modalidade Velocidade 4×4. “No ano que vem o Brasileiro estará mais forte e já estamos nos preparando para correr também o sul-americano”, comemorou o campeão com seis vitórias no ano. O vice-campeonato da 4×4 ficou com os também gaúchos Ilo Diehl e Eduardo Soneca (Mitsubishi Lancer), mesmo não participando da prova de hoje vencida pela dupla Fábio D’All Agnol (RS) e Gabriel Morales (DF), também de Mitsubishi Lancer. “Foi nossa segunda vitória neste ano e estamos o que nos animou muito para fazer um bom campeonato no ano que vem”, contou D’All Agnol.

Outro colecionador de títulos brasileiros, o catarinense Luís Tedesco (Fiat Palio) também levou para sua galeria de troféus o 16º título de campeão brasileiro, desta vez na categoria 4×2 Super tendo como navegador Raphael Furtado, também de Santa Catarina e que há cinco anos formam a dupla vencedora. “Estou festejando os meus 30 anos de automobilismo e na semana que vem vou buscar o sétimo título sul-americano no Uruguai”, diz com orgulho o piloto que tem uma das estruturas mais profissionais do rali no Brasil. Na vice-liderança, comemorando muito Eduardo Barros (MG) e Rodrigo JB (MG) conseguiram se manter na segunda posição conquistada na prova de sábado quando a dupla de São Paulo Lucas Arnone e Enzo Jorge, vencedores desse domingo, perderam o segundo lugar com a quebra de câmbio em umas das especiais mais longas.

Na categoria 207, os paulistas Dimas Pimenta III e Rodrigo Konig se recuperaram de uma capotagem na prova de ontem e hoje, com a terceira posição sagraram-se campeão brasileiro da categoria dos Peugeot “É meu segundo ano e praticamente o primeiro que participo do Brasileiro. Agradeço a experiência do Rodrigo e a competência da equipe”, disse cercado de parentes de uma família com tradição no automobilismo esportivo. Uma das categorias mais disputados do ano, a 207 trouxe na cola de Dimas Pimenta III, as duplas Marlon Goulin (PR)/Maicol Souza (SC) como vice-campeã e Rodrigo Mello (DF)/Pedro Eurico (PR) na terceira posição do campeonato.

A última prova do campeonato para a categoria 4×2 também apresentou uma decisão difícil nos dois dias do Rally de Atibaia. Mas o título ficou mesmo com a dupla Jean Pimentel de São Paulo e Thiago Osternack do Paraná com o Peugeot 206.

Resultado para os três primeiros colocados de cada categoria no Rally de Atibaia, 10ª prova do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade:

Categoria 4×4
1) Fabio Dall Agnol/Gabriel Morales – Mitsubishi Lancer 36min00s1
2) Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut – Mitsubishi Lancer 37min16s4
Obs.: Quatro carros 4×4 não fecharam a prova por quebra.

Categoria 4×2 Super
1) Felipe Arnone/Enzo Jorge – Peugeot 207 – 37min14s2
2) Luís Tedesco/Rafael Furtado – Fiat Palio – 38min39s6
3) Felipe Miller/Felipe Costa – Peugeot 207 – 38min47s8

Categoria 4×2
1) Marcos Marcola/Gilson Rocha – W/ Gol – 38min41s8
2) Jean Pimentel/Tiago Osternack – Peugeot 206 – 38min59s3
3) Toninho Genoin/Sidney Broering – Peugeot 206 – 39min2s1

Categoria 207
1) Rodrigo Melo/Pedro Eurico – 38min34s6
2) Marco Malucelli/Rafael Lemos – 38min59s2
3) Dimas Pimenta III/Rodrigo Konig – 39min38s8

Confira a classificação completa do campeonato no site oficial: www.rallybr.com.br.

Deixe uma resposta